Conheça os 15 livros mais vendidos de todos os tempos!

Pensou na Bíblia?

Até é, mas a verdade é que muitos dos livros tidos como os mais vendidos de sempre não apresentam números confiáveis, principalmente no caso de livros religiosos ou ideológicos.

Por isto, nesta lista considera-se somente os livros literários com estimativa de vendas confirmadas.

Portanto, a Bíblia continua a ser o livro mais vendido de acordo com o “Guinness Book”, mas não está incluída na nossa lista.

Conheça a seguir os 15 livros mais vendidos de todos os tempos:

15. À Espera no Centeio (1951) – J.D. Salinger

Estimativa de vendas: 65 milhões


Considerado um ícone sobre a rebelião adolescente (um sentimento que todos conhecemos), a obra de J.D. Salinger foi ainda indicada pela Revista Times como um dos 100 melhores romances de língua inglesa.

14. O Alquimista (1988) – Paulo Coelho

Estimativa de vendas: 65 milhões


O Alquimista é o livro brasileiro mais traduzido no mundo. Conta a história de um pastor em busca de realizar o sonho de encontrar ouro nas Pirâmides do Egito. A ideia central do livro é dizer que quando se quer algo, todo o universo irá trabalhar a seu favor para consegui-lo.

13. Harry Potter e o Príncipe Misterioso (2005) – J. K. Rowling

Estimativa de vendas: 65 milhões


Harry Potter é de longe a série literária mais vendida no mundo (450 milhões, considerando todos os livros), mas cada título ocupa uma posição diferente na lista dos mais vendidos. Na 13ª posição está o sexto e mais sombrio dos sete livros da série original.

12. Pense e Enriqueça (1937) – Napoleon Hill

Estimativa de vendas: 70 milhões


O único livro de auto-conhecimento da lista foi escrito pelo autor com o intuito de dar ferramentas às pessoas para atingirem os seus objetivos. Apesar de ser focado em fazer dinheiro, as suas ideias podem ser aplicadas em outras áreas da vida.

11. O Código Da Vinci (2003) – Dan Brown

Estimativa de vendas: 80 milhões


Esta não é a primeira aventura de Robert Langdon escrita, mas sem dúvida foi a que o pôs no mapa dos best-sellers. Quando um curador do museu do Louvre é assassinado, Langdon vê-se envolvido numa complexa teia cheia de enigmas que o leva a desvendar um dos principais segredos da humanidade.

10. O Leão, a Feiticeira e o Guarda-Roupa (1950) – C.S. Lewis

Estimativa de vendas: 85 milhões


O primeiro livro da série “As Crónicas de Nárnia” apresenta os irmãos Pedro, Susana, Edmundo e Lúcia Pevensie. Os quatro encontram num Guarda-Roupa a passagem secreta para um mundo encantado onde vivem aventuras incríveis.

9. Ela, a Feiticeira (1887) – H. Rider Haggard

Estimativa de vendas: 100 milhões


Do mesmo autor de “As Minas do Rei Salomão”, “Ela, a Feiticeira” narra a viagem do professor universitário Horace Holly e seu pupilo pela África. Lá, os dois deparam-se com uma civilização perdida controlada por Ela, a feiticeira do título.

8. O Sonho da Câmara Vermelha (1754-1791) – Cao Xueqin

Estimativa de vendas: 100 milhões


Considerado o ponto alto dos romances clássicos chineses, este livro faz parte dos Quatro Grandes Romances Clássicos da Literatura Chinesa. Portanto, uma obra prima de altíssima qualidade.

7. O Caso dos 10 Negrinhos (1939) – Agatha Christie

Estimativa de vendas: 100 milhões

O livro mais vendido de Agatha Christie é um dos mais polémicos da autora por conta do título original. Assim, o livro também pode ser encontrado pelo título “E não sobrou nenhum”. A história gira em torno de 10 estranhos que foram atraídos para uma ilha deserta por um misterioso casal.

6. O Hobbit (1937) – J. R. R. Tolkien

Estimativa de vendas: 100 milhões


Esqueça os filmes, foque-se no livro! “O Hobbit” foi aclamado pela crítica e recebeu a Medalha Carnegie pela qualidade da obra. A história que precede “O Senhor dos Anéis”, a princípio seria uma história independente. Porém com o sucesso atingido na época do lançamento, a editora pediu uma continuação a J. R. R. Tolkien que aproveitou para fazer algumas mudanças nos dois livros para ligar a jornada de Bilbo com a de Frodo.

5. Harry Potter e a Pedra Filosofal (1997) – J. K. Rowling

Estimativa de vendas: 107 milhões


O livro que deu início ao grande fenómeno mundial. Em “Harry Potter e a Pedra Filosofal” é apresentado Harry e todo o mundo fantástico a que ele pertence, assim como os perigos pelos quais o rapaz está sujeito. O começo de uma grande saga.

4. O Principezinho (1943) – Antoine de Saint-Exupéry

Estimativa de vendas: 140 milhões


Um dos maiores clássicos infantis foi escrito e ilustrado pelo autor Antoine de Saint-Exupéry quando se encontrava exilado na América do Norte durante a II Guerra Mundial. Muito da vida do autor como aviador pode ser identificada no livro.

3. O Senhor dos Anéis (1954-1955) – J. R. R. Tolkien

Estimativa de vendas: 160 milhões


Apesar de ter sido criado pelo autor para ser um livro único, “O Senhor dos Anéis” é comercializado como uma trilogia e foi desta forma que se tornou tão popular. Um dos principais clássicos de fantasia do mundo e, até hoje, serve de inspiração para outros autores famosos como J. K. Rowling e George R. R. Martin.

2. História em Duas Cidades (1859) – Charles Dickens

Estimativa de vendas: 200 milhões


O principal romance de Charles Dickens se passa em meados do século XVIII durante o período que vai da Independência Americana até a Revolução Francesa. O livro usa a correspondência entre os personagens como a principal forma de avançar a história.

1. Dom Quixote (1612) – Miguel de Cervantes

Estimativa de vendas: 500 milhões


O maior romance da Literatura Espanhola é um clássico satírico de elevada qualidade crítica. Escrito numa época em que os romances de cavalaria se encontravam em declínio, Miguel de Cervantes inspirou-se nisto para criar as aventuras de um homem louco que acreditava viver nesse mundo fantástico. Sem dúvidas, uma obra prima.

Artigo Original:
https://www.maioresemelhores.com/livros-mais-vendidos-de-todos-os-tempos/

Deixe uma resposta