Os três mosqueteiros

Alexandre Dumas (1802 – 1870)

Alexandre Dumas

A Obra “Os Três Mosqueteiros” é um dos grandes clássicos da literatura mundial e foi escrito pelo francês Alexandre Dumas.

A narrativa decorre na França do século XVII e relata a jornada do jovem gascão D’Artagnan e seus três amigos, os mosqueteiros: Athos, Porthos e Aramis.

Tudo começa quando D’Artagnan chega a Paris para realizar o sonho de se tornar um mosqueteiro do rei da França, Luíx XIII, assim como o fora seu pai.

Porém, durante um conflito, ele perde a carta de recomendação que deveria dar ao comandante dos mosqueteiros.

Mesmo diante desta dificuldade, o rapaz não desistiu dos seus intentos e jura vingar-se do bandido.

Só que primeiramente, D’Artagnan acaba por se envolver em mais desordens.

Dessa vez com os três mosqueteiros Athos, Porthos e Aramis.

Ele é chamado para lutar com cada um deles.

Prestes a iniciar os duelos, os quatro são surpreendidos por guardas do Cardeal Richelieu, inimigo dos mosqueteiros.

Apesar de estarem em menor número e contando com a brava ajuda do gascão, os mosqueteiros conseguem vencer e a partir daí inicia-se uma enorme amizade e lealdade entre os quatro.

A narrativa é em terceira pessoa, revelando os fatos na medida certa, dessa forma o leitor fica totalmente envolvido na trama.

A composição dos personagens é perfeita e até mesmo os secundários são carismáticos e possuem um papel importante na narrativa.

Três mosqueteiros

Apesar de inseparáveis, os mosqueteiros, têm personalidades bastante distintas.

Alexandre Dumas leva-nos para o reinado de Luís XIII, período que ficou caracterizado pelas guerras contra os protestantes franceses.

Apesar da parte histórica, o autor não se prende e acaba por moldar os seus personagens com liberdade, como o caso do Cardeal Richelieu, principal antagonista da trama.

Cardeal Richelieu

Outra personagem que merece destaque é Milady (a personificação do mal), mais uma importante antagonista com o fator psicológico muito bem trabalhado por Dumas.

A Obra conheceu várias adaptações a séries animadas, cinema e teatro.

“Os Três Mosqueteiros” são sem sombra de dúvida uma obra memorável e inspiradora!

“Um por todos e todos por um.”

Clique aqui para aceder aos livros de Alexandre Dumas

Deixe uma resposta