O Deus das Moscas

William Golding (1911 – 1993)

William Golding

Prémio Nobel da Literatura 1983

“O Deus das Moscas” de William Golding , editado originalmente em 1954, é um dos mais perturbantes e ovacionados romances da atualidade.

“O Deus das Moscas” é uma parábola sobre a natureza humana, em que cada personagem reproduz um aspeto importante das pessoas.

Explora a conceção de uma comunidade a partir do ponto zero por um grupo de jovens.

Lord of the Flies (1963) dirigido por Peter Brook

Como se seleciona um líder?

A narrativa começa quando uma aeronave, cujos passageiros são todos jovens, sofre um desastre perto de uma ilha desabitada.

Numa ilha, onde não existem normas, um grupo de jovens vai fundar uma nova sociedade.

É nesta situação que os sobreviventes se estruturam para poder resistir e tentar ser libertados.

Ao longo de “O Deus das Moscas” vai sendo exposta a forma como a maldade pode nascer em qualquer pessoa, não importa sua idade.

O Deus das Moscas

“O Deus das Moscas” é uma viagem em direção às possibilidades da crueldade humana e todas as faces que o ser humano pode ter.

“O que é que somos? Pessoas? Animais? Selvagens?”

O Deus das Moscas

Para adquirir o livro clique aqui!

Deixe uma resposta